Flamengo vence Botafogo no Engenhão e assume a liderança do Carioca

Compartilhe

Assessoria/Flamengo

Após sofrer sua primeira derrota no Campeonato Carioca diante do Fluminense, o Flamengo venceu seu primeiro clássico da temporada 2021 nesta quarta-feira ao superar o Botafogo por 2 a 0, no Engenhão. Contando com um jogador a mais em campo durante a maior parte do segundo tempo, o time reserva do Fla dominou o rival e assumiu a liderança da Taça Guanabara, o primeiro turno do Estadual.

Com quatro vitórias e uma derrota, o rubro-negro chegou aos 12 pontos e desbancou o Volta Redonda da ponta. O Botafogo, por sua vez, estacionou nos seis pontos, no 7º lugar – somente os quatro primeiros colocados avançam às semifinais do turno.

Sob os olhares de Rogério Ceni, presente nas tribunas, o time B flamenguista mostrou serviço no primeiro tempo. Dominou as ações, controlou a posse de bola, criou as melhores oportunidades e saiu na frente. Do outro lado, o Botafogo jogava como time pequeno, recuado, à espera de um contra-ataque salvador.

Mas isso não aconteceu nos primeiros 45 minutos. As raras tentativas do Botafogo eram em lançamento buscando o lado esquerdo, bem marcado pela defesa flamenguista. Sem dificuldades lá trás, o rubro-negro procurava o ataque a todo momento e exibia maior poder de fogo, mesmo depois de perder Pedro, lesionado, logo aos 9 minutos de jogo.

Sem o atacante do time principal, o Fla era comandado por Michael, Vitinho e Rodrigo Muniz, que abriu o placar, aos 23. No lance, ele trombou com Benevenuto, levou a melhor e bateu na saída do goleiro Douglas Borges. Antes do intervalo, aos 39, Michael quase ampliou a vantagem. Ele encheu o pé de fora da área e exigiu boa defesa do goleiro botafoguense.

O segundo tempo começou repetindo o panorama do primeiro. Logo no primeiro minuto, João Gomes já acertava o travessão, confirmando o domínio do Fla. O Botafogo tentava responder sempre pelas pontas, em busca do cruzamento na área. Qualquer jogada pelo meio era facilmente neutralizada pelos volantes rubro-negros. Num lance de bola parada na área, Babi só não empatou porque Renê tirou em cima da linha, aos 14.

Mas a tentativa do Botafogo de equilibrar as ações foi abortada aos 20. Foi quando Kanu levou o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. Ele fez falta sobre Muniz, que recebera lançamento pelo meio e se encaminhava para a área botafoguense.

Com vantagem numérica em campo e no placar, o Fla passou a jogar com mais tranquilidade. E selou a vitória aos 39. Após cobrança de falta ensaiada, a bola sobrou para Hugo Moura, que encheu o pé e acertou lindo chute, estufando as redes.

Os dois times voltam a campo no fim de semana, pela sexta rodada No sábado, o Flamengo vai visitar o Boavista. No dia seguinte, o Botafogo também jogará fora de casa, contra o Nova Iguaçu.

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO 0 x 2 FLAMENGO

BOTAFOGO – Douglas Borges; Jonathan, Marcelo Benevenuto, Kanu e Paulo Victor; José Welison, Rickson (Ronald) e Matheus Frizzo (Kayque); Warley (Gilvan), Matheus Babi (Rafael Navarro) e Marcinho (Felipe Ferreira). Técnico: Marcelo Chamusca.

FLAMENGO – Hugo Souza; Matheuzinho (João Lucas), Bruno Viana, Léo Pereira e Renê; Hugo Moura, João Gomes (Richard Rios) e Pepê; Michael, Vitinho (Max) e Pedro (Rodrigo Muniz). Técnico: Maurício Souza (auxiliar).

GOLS – Rodrigo Muniz, aos 23 minutos do primeiro tempo. Hugo Moura, aos 39 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Matheuzinho, Hugo Moura, Léo Pereira, José Welison.

CARTÃO VERMELHO – Kanu.

ÁRBITRO – Mauricio Machado Coelho Junior.

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Fonte: Midiamax