2021 vai começar com quatro cidades de MS ‘sem prefeitos’

Compartilhe
Angélica, Bandeirantes, Paranhos e Sidrolândia estão com os candidatos mais votados impugnados e com recurso na Justiça eleitoral

O ano de 2021 vai iniciar com as cidades de Angélica, Bandeirantes, Paranhos e Sidrolândia sem prefeitos eleitos. Os candidatos mais votados, que participaram das eleições sub judice por impugnação de candidaturas tentam o deferimento do registro de candidatura na Justiça Eleitoral.

Nessas quatro cidades, o presidente da Câmara deve assumir o Executivo após a posse em 1° de janeiro até que saia a decisão final da Justiça. Em caso de os recursos serem negados, novas eleições devem ser realizadas nessas cidades conforme a Lei Eleitoral.

O Tribunal Superior Eleitoral realizou a última sessão do Ano Judiciário de 2020, na última sexta-feira (18) e não entraram os processos de Mato Grosso do Sul.

Para 2021 ficaram, o recurso do candidato a prefeito de Sidrolândia, Daltro Fiuza, que teve o registro impugnado por questões de ficha limpa e recursos dos candidatos de Angélica (João

Cassuci, do PDT) e Bandeirantes (Alvaro Urt (DEM)), que chegaram ao tribunal nas datas de 4 e 12 deste mês, respectivamente.

Quanto a Paranhos, o recurso do candidato Heliomar Kalbunde (MDB) ainda tramita no TRE-MS.

Fonte: Top Midia News