Se eleições fossem hoje, Bolsonaro venceria PT, Huck e Mandetta

Compartilhe

Presidente Jair Bolsonaro empataria com Sergio Moro no segundo turno das eleições de 2022 (Photo by Buda Mendes/Getty Images)

O presidente Jair Bolsonaro venceria seus prováveis oponentes e empataria com o ex-ministro Sérgio Moro na disputa pela Presidência da República, mostra nova pesquisa XP Ipespe.

Segundo o levantamento, se a eleição fosse hoje, Bolsonaro teria 43% dos votos contra o ex-presidente Lula ou Fernando Haddad, ambos do PT, que pontuariam 35%.

O presidente também venceria contra Luciano Huck, por 42% a 28%, e contra Luiz Henrique Mandetta (DEM), por 42% a 30%.

A disputa mais acirrada seria contra Sergio Moro. De acordo com a pesquisa, os dois aparecem empatados dentro da margem de erro: Bolsonaro com 35% e Moro com 36%.

Se o primeiro turno fosse hoje, segundo a sondagem. 31% dos eleitores votariam em Bolsonaro, 14% em Haddad, 11% em Moro, 10% em Ciro Gomes (PDT) e 5% em Luciano Huck. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) e Luiz Henrique Mandetta aparecem com 3%.

Foram entrevistadas mil pessoas entre 8 e 11 de outubro. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

Fonte: Yahoo