Brasil tem 1.209 óbitos por coronavírus em 24 horas; total chega a 46.665, aponta consórcio de veículos de imprensa no boletim das 20h

Compartilhe

Mulher tem temperatura medida ao entrar no Mercadão de Madureira, no Rio. Foto: PILAR OLIVARES / REUTERS

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 1.209 novos óbitos e 31.475 novas infecções por coronavírus, de acordo com boletim divulgado às 20h pelo consórcio de veículos de imprensa. Agora, o país contabiliza 46.665 mortes e 960.309 contaminações em decorrência da Covid-19, aproximando-se da marca de um milhão de infectados.

O levantamento foi realizado com dados das secretarias estaduais de Saúde, obtidos por um grupo de veículos de imprensa, formado por EXTRA, O GLOBO, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo.

SP registra novo recorde de mortos
O estado de São Paulo registrou, pelo segundo dia consecutivo nesta semana, um novo recorde de mortes por coronavírus. Segundo informações divulgadas pelo Centro de Contingência, entre terça e esta quarta-feira, 389 óbitos se somaram aos números da Covid. Entre segunda e terça, foram 365 novos óbitos confirmados em 24h.

Dados atualizados apontam que 11.521 pessoas já morreram em decorrência da doença em São Paulo. O número de infectados chega a 191.521. Projeções do governo apontam que o estado deve ter até 18 mil mortes por Covid até o fim de junho.

Brasil registra 1.269 novas mortes, segundo ministério
Dados do Ministério da Saúde divulgados na noite desta quarta-feira indicam que o Brasil registrou 32.188 novos casos do novo coronavírus, além de 1.269 mortes nas últimas 24 horas. Com isso, o país chegou, nos cálculos do governo, a 955.377 casos da Covid-19 e 46.510 mortes provocadas pela doença até o momento. Na terça-feira eram 923.189 infectados, com 45.241 óbitos.

Tanto os óbitos quanto as infecções podem ter ocorrido em dias anteriores, mas foram incluídos no sistema da pasta de ontem para hoje. Segundo o ministério, 548 mortes foram notificadas nos últimos três dias. Há ainda outras 4.033 mortes em investigação.

São Paulo continua como o estado com mais casos da doença: são 191.517 até o momento. Em seguida aparecem Rio de Janeiro (89.963), Ceará (84967), Pará (74.192) e Maranhão (64.735).

Quando observado as mortes, São Paulo também lidera a lista, com 11.521 óbitos. Depois vem Rio de Janeiro (8.138), Ceará (5.282), Pará (4.350) e Pernambuco (4.009).

Fonte: Extra.globo