Após reunião, prefeito do Rio libera treinos a partir de terça e volta do Carioca em junho

Compartilhe
Encontro, neste domingo (24), não contou com a presença de representantes de Botafogo e Fluminense

Neste domingo (24 de maio), o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, se reuniu com os participantes do Campeonato Carioca para debater sobre a possibilidade do retorno aos treinos presenciais. Botafogo e Fluminense foram os únicos que não se fizeram presentes na reunião, que ainda contou com presença de representantes da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ)

Segundo informações trazidas durante o programa A Última Palavra deste domingo, o prefeito chegou a um consenso e liberou os treinos a partir da terça-feira (26) e os jogos sem público, a partir de 14 de junho.

A FERJ convocou reunião virtual nesta segunda-feira (25), às 15h, com os clubes, onde serão debatidos alguns temas, entre eles sobre o protocolo “Jogo Seguro”. Em nota oficial divulgada pela federação, comentou-se como foi o andamento da reunião.

“A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro e America, Americano, Bangu, Boavista, Cabofriense, Madureira, Portuguesa, Macaé, Nova Iguaçu, Flamengo, Vasco, Volta Redonda, Friburguense e Resende se reuniram com o prefeito da cidade, Marcelo Crivella, na tarde deste domingo, 24 de maio.

Na reunião, o prefeito revelou que o Comitê Científico classificou como irrepreensível o Protocolo Jogo Seguro de retorno aos treinamentos, produzido pela FERJ e os médicos. Houve entendimento de que, sob a orientação e acompanhamento dos clubes, os jogadores estão mais bem cuidados e em maior segurança.

Com previsão de volta do futebol possivelmente para meado de junho, mas sem público, os clubes devem progredir, passo a passo, com fase de avaliação clínica, testes físicos, exercícios de reabilitação dos efeitos da inatividade muscular e atividades de recuperação da capacidade laborativa.

Conforme combinado, novas reuniões deverão ocorrer para troca de informações, reavaliação e ajustes de diretrizes.”, escreveu na nota.

O prefeito Marcelo Crivella, também a partir de uma nota oficial, igualmente se manifestou sobre a reunião e se mostrou satisfeito. Ele ainda adiantou que a Prefeitura continuará mantendo diálogo com a Federação e os clubes. Confira abaixo:

“O prefeito Marcelo Crivella recebeu neste domingo (24/05) dirigentes da Federação de Futebol do Rio e de todos os clubes do campeonato estadual – exceto Fluminense e Botafogo – para debater como voltar aos treinos com um protocolo de segurança – que inclui, em um primeiro momento, uma ajuda da FERJ e dos clubes à Prefeitura para o combate ao novo coronavírus.

O entendimento foi pela adoção de um protocolo de segurança para que, nesta fase inicial, os clubes permaneçam apenas com fisioterapia, reabilitação muscular dos atletas, fisioterapia com bola, desde que levando sempre em consideração o protocolo de segurança contra a expansão do contágio da doença.

Quanto ao treino coletivo e ao rachão, ficou estabelecido que somente será permitido a partir de junho.

Outras reuniões acontecerão entre a Prefeitura, a FERJ e os clubes para o avanço de outras possibilidades futuras, como de uma volta do futebol sem torcida.

“Estou muito satisfeito com nosso diálogo e vou submeter todas as questões tratadas ao nosso comitê científico, sempre pensando em primeiro lugar em salvar vidas”, declarou na nota.

Fonte: Fox Sports