Família descobre por atestado de óbito que enterrou homem no lugar de idosa em São Paulo

Compartilhe
Foto: Iluxtrativa

Cerimônia teve caixão lacrado e corpo foi trocado no Hospital

Uma família de Santo André, interior de São Paulo, teve uma surpresa infeliz nesta semana. Após enterrarem uma idosa, vítima de broncopneumonia, descobriram no atestado de óbito que o cadáver havia sido trocado.

Conforme apurou o site Meia Hora, o hospital teria trocado o corpo das vítimas, e o homem que foi colocado no lugar da idosa teria morrido por coronavírus,

A mulher de 92 anos, Amir Martins da Silva, estava internada há 15 dias no hospital do ABC paulista, por uma fratura no fêmur e acabou vindo a óbito por broncopneumonia.

Com caixão lacrado, a família só descobriu a confusão após receber o atestado de óbito e ver que tinham enterrado Francisco Carlos da Silva, 54 anos.

Ainda conforme o Meia Hora, o prefeito de Santo André chegou a dizer que a confusão se trata de um erro inconcebível.

Fonte: Midiamax